Empresa de Blumenau consegue liminar para reverter a reoneração na folha de salários

Uma empresa do setor de Tecnologia da Informação instalada em Blumenau conseguiu na Justiça uma liminar que reverte a reoneração da folha, instituída no mês de março pelo Governo Federal.

A decisão da 2ª Vara Federal de Blumenau assegura a manutenção do regime de recolhimento da Contribuição Patronal sobre a Receita Bruta durante todo o ano-calendário de 2017, em substituição à contribuição incidente sobre a folha de salários.

A ação foi impetrada pelo escritório BPH Advogados.

O advogado especialista em direito tributário, Marco Aurélio Poffo, explica que a modalidade de Contribuição Previdenciária sobre Receita Bruta (CPRB) foi instituída em 2011 e previu para determinados setores a contribuição em percentual entre 1,5% e 4,5% sobre o faturamento bruto e não mais não mais 20% sobre a folha de salários.

A mudança foi benéfica para grande parte dos contribuintes. Porém, em março deste ano, a reoneração da folha foi anunciada pela equipe econômica do Governo Federal como uma das medidas necessárias para cumprir a meta fiscal de 2017.

Com a reoneração, as empresas passaram a ser obrigadas a recolher a contribuição previdenciária sobre os salários pagos, e não sobre o faturamento.

O argumento utilizado na liminar deferida pela 2ª Vara Federal de Blumenau é de que que “o legislador criou, para o contribuinte, justa expectativa de que o regime tributário eleito perduraria até o final de exercício de 2017, e, em contraponto, previu para o ente tributante limitação quanto a possibilidade de alteração do regime escolhido”.

Segundo Poffo, a própria lei que institui a desoneração da folha prevê que a opção é irretratável e para todo o ano-calendário. “O fim do regime, previsto para ocorrer em julho, atenta contra a segurança jurídica e a boa-fé”, aponta o advogado.

 

Publicado em: 04/07/2017 12:21:00

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Ex-alunas da inclusão digital relatam conquistas profissionais

Ex-alunas da inclusão digital relatam conquistas profissionais

Eluana Lotero Weber é surda e hoje integra equipe da marketing da HBSIS

PagueVeloz e Bludata contratam desenvolvedores em Blumenau

PagueVeloz e Bludata contratam desenvolvedores em Blumenau

Empresas oferecem horários flexíveis entre outros benefícios

Espaider e Resolubilidade

Espaider e Resolubilidade

Escritórios e departamentos jurídicos enfrentam diferentes níveis de complexidade. O cliente do Espaider pode iniciar com versões mais simples e ampliar suas funcionalidades sem trocar de sistema e sem mexer no banco de dados

Aulas de tecnologia para pessoas com deficiência terão início dia 15

Aulas de tecnologia para pessoas com deficiência terão início dia 15

Programa tem apoio do Seprosc e empresas de tecnologia

Datainfo é aprovada na avaliação CMMI-DEV NÍVEL 3

Datainfo é aprovada na avaliação CMMI-DEV NÍVEL 3

No fim do primeiro semestre deste ano, a Datainfo Soluções de TI conquistou um excelente resultado o 3º nível da avaliação CMMI-DEV.

GOVBR está entre as melhores empresas para se trabalhar

GOVBR está entre as melhores empresas para se trabalhar

Great Place to Work destaca empresa blumenauense de tecnologia

Projeto Inovar

Projeto Inovar

Seprosc proporciona mais um benefício para o seu associado

SEPROSC aborda home office com case da Teclógica

SEPROSC aborda home office com case da Teclógica

Confira a entrevista com Daniela da Cunha, que atua no setor de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Teclógica.

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos