JB Software: home office não agrada todos os colaboradores

O SEPROSC está acompanhando os impactos do coronavírus junto às empresas associadas. Através do GRT - Grupo de Relações Trabalhistas, estão sendo analisadas e discutidas as diversas estratégias que vêm sendo colocadas em prática.

Abaixo mostramos como a JB Sofware está lidando com o home office.  A foto acima mostra departamento  da empresa em funcionamento com número reduzido de funcionários.

 

 


A JB Software (www.jbsoft.com.br), associada de Pinhalzinho, no Oeste de SC, é uma desenvolvedora de soluções contábeis, fiscais, tributárias e de RH e conta com clientes no Brasil inteiro.

A empresa foi fundada em 1990, sendo  Elisabete Jussara Bach a sua atual diretora executiva  e CEO.

A empresa sempre primou pelo relacionamento interpessoal e integração. Investiu muito em atividades conjuntas para engajamento, com uma confraternização por mês, atividades extra empresa como caminhadas, trilhas, ciclismo e palestras.

“Todo esse envolvimento pessoal foi interrompido com a pandemia”, conta Elisabete.

"Tivemos pouco tempo para nos preparar, apesar de já em fevereiro ter adquirido e organizado parte do processo. A eventual adoção do home-office em definitivo é uma questão que ainda não está clara, pois a empresa fica localizada numa cidade pequena com algumas especificidades”.

 

Veja como a JB Software lida com a questão do home-office, nas palavras da diretora executiva Elisabete Jussara Bach:

 

  1. Vemos aspectos positivos e negativos e muita coisa depende dos sentimentos dos próprios colaboradores.

  2. Estamos numa cidade pequena, onde não há trânsito nem engarrafamentos. As pessoas moram perto e não perdem tempo com deslocamento.

  3. O processo de gestão fica mais complexo, porém, se a cultura for adotada, permitirá a utilização de mão de obra de outras regiões, não restringindo a uma busca na microrregião.

  4. De início mantivemos todos os colaboradores em casa, e depois com uma reserva de 15% presenciais, com todos os protocolos de afastamento e cuidados.

  5. A partir de abril, com a flexibilização, mantemos 60% da equipe em home-office e 40% em sistema presencial, priorizando gestão e atendimento.

  6. A empresa preparou questionários para orientar o sistema de retorno, optando por deixar em casa os colaboradores dos grupos de risco, aqueles com filhos em idade escolar ou com familiar que atua na área de saúde.

  7. Foram observadas reações positivas e negativas, sendo que a maioria estava despreparada para o home-office devido à inexistência de ambiente apropriado para o trabalho.

  8. Profissionais com menor experiência têm maior dificuldade, pois necessitam de maior supervisão e meios digitais deixa ação mais cara e complexa.

  9. A maioria dos colaboradores se manifestou contrário ao home office permanente. Alguns mostraram intenção de continuar.

  10. A empresa pretende manter todas as atividades extraempresa de confraternização e engajamento e tem trabalhado em alternativas durante este período:

  • Todas as reuniões estão sendo 100% on-line.

  • PDI virtual.

  • Acompanhamento psicológico por meio virtual.

  • Entrega de lanches de confraternização nas residências e transmissão destes pelo sistema de comunicação interna.

  • Ginástica laboral transmitida hora pelo sistema interno, hora divulgada via mídias sociais.

 

Segundo Elisabete, “a adaptação foi um pouco complicada, principalmente porque foi necessário combinar o novo modelo de atuação exatamente no momento de inúmeras alterações legais. Estas exigiram a liberação diária de versões do sistema de Folha de Pagamento. Porém, também permitiu melhorias internas e a fortificação do controle de produção que já era 100% digital”

Publicado em: 05/07/2020 11:52:59

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

TV Corporativa potencializa disseminação de práticas preventivas durante pandemia

TV Corporativa potencializa disseminação de práticas preventivas durante pandemia

A Teclógica, empresa especializada na gestão de TI e Negócios, aponta o Mobuss TV como uma ferramenta ágil e eficaz para informar colaboradores sobre as medidas de prevenção e ações corporativas sobre o coronavírus

GOVBR compartilha experiência de gestão de pessoas durante a pandemia

GOVBR compartilha experiência de gestão de pessoas durante a pandemia

O setor de gestão de pessoas, mais do que nunca, tem sido fundamental nesse processo. Exemplo disso é a GOVBR, focada em soluções para a gestão pública. Marcelo Lima, diretor jurídico e de desenvolvimento humano organizacional da empresa, conta um

Coronavírus – Divulgadas medidas a serem observadas no ambiente de trabalho visando a prevenção, controle e mitigação dos riscos da COVID-19

Coronavírus – Divulgadas medidas a serem observadas no ambiente de trabalho visando a prevenção, controle e mitigação dos riscos da COVID-19

A Secretaria Especial de Trabalho (SEPRT) e o Ministério da Saúde (MS) divulgaram as medidas a serem observadas pelas empresas, visando à prevenção, o controle e mitigação dos riscos de transmissão da COVID-19 nos ambientes de trabalho, de forma a

Aprovação da Medida Provisória nº 936 pelo Congresso Nacional

Aprovação da Medida Provisória nº 936 pelo Congresso Nacional

Informe Trabalhista elaborado pela Câmara de Relações Trabalhista da FIESC, destacando a aprovação da Medida Provisória nº 936 pelo Congresso Nacional, além de decisões do Supremo Tribunal Federal sobre terceirização e trabalho aos domingos.

Nem tudo são flores no caminho do home-office

Nem tudo são flores no caminho do home-office

Artigo de Carlos José Pereira, vice-presidente do Seprosc

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos