Falta de professores na área de TI pode desacelerar o processo de formação de novos profissionais

Foto: Pixabay

A pandemia acelerou a transformação digital no Brasil, o que levou muitas empresas a lidar com um gargalo: a falta de mão de obra na área de Tecnologia da Informação (TI). Um estudo de 2019, realizado pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e Tecnologias Digitais (Brasscom), revelou um déficit potencial, anual, de mais de 24 mil profissionais de TI. 

Pensando nisso, o Seprosc em parceria com o Senac SC, lançou o Programa Jovem Programador, que atua na formação de jovens entre 16 e 35 anos na área de tecnologia. O objetivo é facilitar a entrada de novos profissionais em um mercado de carreira promissora, além de atender a demanda por mão-de-obra qualificada em Santa Catarina.

No entanto, com o aumento da demanda por formação, cresce também a necessidade de professores capacitados para trabalhar no setor. Os professores de cursos de tecnologia, geralmente, são profissionais atuantes na área, que trazem suas experiências e práticas profissionais para a sala de aula, agregando valor na formação dos alunos e acelerando o processo consistente de aprendizagem.

O Programa Jovem Programador ampliou a atuação no Estado este ano e também sofre com a escassez de professores para formar os futuros profissionais de TI. Mesmo com a prorrogação dos processos seletivos para a contratação dos professores e a participação dos colaboradores de empresas parceiras do programa, em algumas cidades, é difícil fechar o quadro.

Esse cenário é preocupante, pois a falta de professores pode desacelerar o crescimento do setor de tecnologia em Santa Catarina. Uma das formas de solucionar esta equação é ofertar a qualificação de forma remota - o que já está sendo pensado e planejado para as edições do Jovem Programador nos próximos anos.

Neste sentido, o Senac SC possui oferta constante de vagas para professores na área de TI, para atuação em diversos níveis de formação. O processo seletivo da instituição é realizado de forma transparente e com comunicação via website: clique aqui para acessar.

*Carlos José Pereira - Diretor do Seprosc responsável pela formatação do projeto

 

Publicado em: 29/06/2022 12:00:01

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Pinhalzinho, Jovem Programador e a economia criativa

Pinhalzinho, Jovem Programador e a economia criativa

As crises e as oportunidades de algo novo

Presidente do Seprosc apresenta case de sucesso no “SC Que Dá Certo”

Presidente do Seprosc apresenta case de sucesso no “SC Que Dá Certo”

Evento foi realizado no Centro Empresarial de Blumenau em 26 de julho

Aulas do Jovem Programador em Pinhalzinho começaram nessa semana com 35 alunos

Aulas do Jovem Programador em Pinhalzinho começaram nessa semana com 35 alunos

Aula inaugural do programa reuniu representantes das instituições parceiras

Semana SENAI oferece descontos em cursos na área de tecnologia

Semana SENAI oferece descontos em cursos na área de tecnologia

Semana SENAI e processo seletivo Centro Universitário SENAI Blumenau

Programa Jovem Programador aumenta oferta de vagas em 40%

Programa Jovem Programador aumenta oferta de vagas em 40%

Iniciativa contempla diversas regiões de Santa Catarina e, até 2024, o objetivo é oferecer uma versão online para alcançar todo o Estado

Falta de professores na área de TI pode desacelerar o processo de formação de novos profissionais

Falta de professores na área de TI pode desacelerar o processo de formação de novos profissionais

Com o aumento da demanda por formação, cresce também a necessidade de professores capacitados

Workshops do Jovem Programador começam nesta semana

Workshops do Jovem Programador começam nesta semana

Serão oito horas divididas em dois dias de trabalho; participação é obrigatória para quem está inscrito no programa

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos