Planejamento zero com tantas oscilações tributárias

As oscilações de tributação no Brasil é uma constante nos últimos anos. Em 2011, a Contribuição Previdenciária das empresas de Tecnologia da Informação (TI) foi reduzida para 2,5% sobre o faturamento bruto, em 2012 foi reduzida para 2% até 2014, e em 2014, o Regime passou a ter vigência por tempo indeterminado. Em 2015, aumentou para 4,5%, porém com a opção de 20% sobre a folha de pagamentos. Este ano, através da Medida Provisória nº 774/2017 o governo elimina a opcionalidade e torna obrigatório o recolhimento de 20% sobre a folha.

No setor de serviços, em especial o de TI, as despesas de pagamento de pessoal oscilam entre 70% e 80% do total de despesas. O que significa uma tributação de 14% a 16% da sua receita bruta, enquanto na forma vigente a opção de alíquota de 4,5%, embora alta, é mais benéfica para a maioria das empresas. Temos mostrado aos parlamentares o impacto que sofreremos com consequências desastrosas para nosso setor caso vigore esta alteração.

Argumentos que convenceram o relator da MP 774, senador Airton Sandoval (PMDB-SP), a acolher emendas que visam manter o regime atual, o que significa uma vitória provisória, que dependerá das próximas votações e de possíveis vetos, eventualmente propugnados pela Receita Federal. Na realidade esta batalha da reoneração precede a próxima, que será a comentada proposta governamental de unificação dos recolhimentos do PIS/COFINS para o regime não cumulativo, o que representará - dependendo dos percentuais adotados, um aumento real das despesas de pelo menos 5,6% sobre o faturamento.

É impossível para qualquer empresa, independente de seu tamanho, planejar suas atividades com tantas oscilações tributárias. Se concretizados os aumentos desejados pelas autoridades fazendárias, seremos onerados em torno de 20%, o que certamente inviabilizará o setor, já duramente atingido pela crise nacional. Vamos continuar nesta luta, liderada nacionalmente pela Fenainfo, apelando para o bom senso de nossos dirigentes. A Tecnologia da Informação é essencial para a retomada do crescimento econômico, independência nacional e é estratégica para o nosso futuro como País. 

Benito Paret é Presidente do TI RIO – Sindicato das Empresas de Informática 

Site: Convergência Digital
Data: 23/06/2017 
Hora: ------ 
Seção: Opinião 
Autor: Benito Paret 
Link: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=45532&sid=15

Publicado em: 05/07/2017 10:43:31

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Mais de 23 mil veículos e 11 bilhões de mercadorias passaram por sistema logístico da Lincros em 2020

Mais de 23 mil veículos e 11 bilhões de mercadorias passaram por sistema logístico da Lincros em 2020

Empresa conta com plataforma que permite o gerenciamento de todo o processo de distribuição, além da contratação do frete e auditoria de pagamentos. Com investimento em melhorias e novas funcionalidades, marca comemora bons resultados do último ano

Como comunicar e promover a interação  entre equipes de diferentes turnos

Como comunicar e promover a interação entre equipes de diferentes turnos

A tecnologia tem se tornado aliada para uma comunicação assertiva e integrada

Seprosc e Senac lançam projeto Jovem Programador com cursos na área de tecnologia

Seprosc e Senac lançam projeto Jovem Programador com cursos na área de tecnologia

Programa de capacitação tecnológica com foco na empregabilidade dos jovens catarinenses.

Lançamento Jovem Programador

Lançamento Jovem Programador

Projeto de capacitação tecnológica voltado para a programação de computadores e focado na empregabilidade.

Ellevo expande serviços digitais para gestão do trabalho remoto durante a pandemia

Ellevo expande serviços digitais para gestão do trabalho remoto durante a pandemia

Empresa brasileira pioneira em soluções de gerenciamento de atividades lançou o Ellevo Next, para gestão do trabalho remoto, e expandiu versão web da plataforma Ellevo para 22 países e 15 idiomas no último ano

Edusoft completa 37 anos de história

Edusoft completa 37 anos de história

Empresa blumenauense que desenvolve softwares de gestão educacional busca conciliar a experiência com os novos desafios da educação.

Tendências em logística: controle de cargas deve mudar rotina de distribuição de mercadorias

Tendências em logística: controle de cargas deve mudar rotina de distribuição de mercadorias

Indústria brasileira busca alternativas tecnológicas que reduzem tempo e investimento no processo de finalização de entregas. Só na Lincros, mais de 23 mil veículos e R$ 11 bilhões em mercadorias foram monitoradas no último ano

Evento online fala sobre produtividade e visão gerencial na cadeia logística

Evento online fala sobre produtividade e visão gerencial na cadeia logística

Webinar gratuito organizado pela Lincros acontece no dia 13 de abril e vai destacar desafios e oportunidades para empresas que buscam tornar o setor de distribuição mais eficiente e estratégico

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos