Planejamento zero com tantas oscilações tributárias

As oscilações de tributação no Brasil é uma constante nos últimos anos. Em 2011, a Contribuição Previdenciária das empresas de Tecnologia da Informação (TI) foi reduzida para 2,5% sobre o faturamento bruto, em 2012 foi reduzida para 2% até 2014, e em 2014, o Regime passou a ter vigência por tempo indeterminado. Em 2015, aumentou para 4,5%, porém com a opção de 20% sobre a folha de pagamentos. Este ano, através da Medida Provisória nº 774/2017 o governo elimina a opcionalidade e torna obrigatório o recolhimento de 20% sobre a folha.

No setor de serviços, em especial o de TI, as despesas de pagamento de pessoal oscilam entre 70% e 80% do total de despesas. O que significa uma tributação de 14% a 16% da sua receita bruta, enquanto na forma vigente a opção de alíquota de 4,5%, embora alta, é mais benéfica para a maioria das empresas. Temos mostrado aos parlamentares o impacto que sofreremos com consequências desastrosas para nosso setor caso vigore esta alteração.

Argumentos que convenceram o relator da MP 774, senador Airton Sandoval (PMDB-SP), a acolher emendas que visam manter o regime atual, o que significa uma vitória provisória, que dependerá das próximas votações e de possíveis vetos, eventualmente propugnados pela Receita Federal. Na realidade esta batalha da reoneração precede a próxima, que será a comentada proposta governamental de unificação dos recolhimentos do PIS/COFINS para o regime não cumulativo, o que representará - dependendo dos percentuais adotados, um aumento real das despesas de pelo menos 5,6% sobre o faturamento.

É impossível para qualquer empresa, independente de seu tamanho, planejar suas atividades com tantas oscilações tributárias. Se concretizados os aumentos desejados pelas autoridades fazendárias, seremos onerados em torno de 20%, o que certamente inviabilizará o setor, já duramente atingido pela crise nacional. Vamos continuar nesta luta, liderada nacionalmente pela Fenainfo, apelando para o bom senso de nossos dirigentes. A Tecnologia da Informação é essencial para a retomada do crescimento econômico, independência nacional e é estratégica para o nosso futuro como País. 

Benito Paret é Presidente do TI RIO – Sindicato das Empresas de Informática 

Site: Convergência Digital
Data: 23/06/2017 
Hora: ------ 
Seção: Opinião 
Autor: Benito Paret 
Link: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=45532&sid=15

Publicado em: 05/07/2017 10:43:31

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Tecnologia faz custeio de Estados cair, diz estudo

Tecnologia faz custeio de Estados cair, diz estudo

Cada R$ 1 investido em tecnologia reduz despesas de custeio dos governos estaduais em até R$ 9,42

Investimento em TI é crítico e não pode ser adiado

Investimento em TI é crítico e não pode ser adiado

Artigo de Jorge Arduh, CEO da Indra no Brasil

INPI passa a usar sistema eletrônico para o registro de programa de computador

INPI passa a usar sistema eletrônico para o registro de programa de computador

Sistema proporciona redução da burocracia e celeridade no processo

Espaço de Educação Maker

Espaço de Educação Maker

Um turma exclusiva para associados do Seprosc, com foco em tecnologia, robótica e mercado de trabalho!

Convite - Cloud, Fog & Edge Computing

Convite - Cloud, Fog & Edge Computing

Uma abordagem distribuída e paralela de computação e armazenamento.

Santa Catarina ganha polo de pesquisa tecnológica

Santa Catarina ganha polo de pesquisa tecnológica

Serão financiados projetos de inovação em parceria com empresas

Diretoria eleita toma posse amanhã

Diretoria eleita toma posse amanhã

João Luiz Kornely foi reeleito para mais um mandato

Eleições Seprosc 2017

Eleições Seprosc 2017

Votação nas eleições da nova diretoria do Sindicato Patronal (SEPROSC)

Entidades de TI pedem que Temer mantenha desoneração sobre o setor

Entidades de TI pedem que Temer mantenha desoneração sobre o setor

Retirada representaria duro choque de custo sobre as empresas

Workshop aborda reforma trabalhista e terceirização

Workshop aborda reforma trabalhista e terceirização

Evento acontece em 16 de agosto e tem apoio do SEPROSC

Setor de TI já obteve importantes vitórias em 2017

Setor de TI já obteve importantes vitórias em 2017

Entrevista com Edgar Serrano, presidente da Fenainfo

Empresa de Blumenau consegue liminar para reverter a reoneração na folha de salários

Empresa de Blumenau consegue liminar para reverter a reoneração na folha de salários

Mudança na legislação tributária, segundo entendimento da Justiça, atenta contra a segurança jurídica

SEPROSC defende mudanças nas leis trabalhistas em audiência com senador

SEPROSC defende mudanças nas leis trabalhistas em audiência com senador

Entidade pede que desoneração na folha do setor de TIC seja mantida

Longo destaca importância de saber usar a informação em palestra promovida pelo SEPROSC

Longo destaca importância de saber usar a informação em palestra promovida pelo SEPROSC

Evento contou com a presença de associados no Centro de Eventos Moinho do Vale, em Blumenau

Setor de TI espera demissões se confirmado fim de desoneração da folha

Setor de TI espera demissões se confirmado fim de desoneração da folha

Os empresários também falam em queda de 2% na arrecadação do governo com o segmento e descartam novos reajustes salariais pelos próximos três anos.

Palestra de Walter Longo sobre marketing na era pós-digital

Palestra de Walter Longo sobre marketing na era pós-digital

Evento é promovido pelo Seprosc no dia 23 de junho, em Blumenau

Inscreva-se na palestra de Marketing e Comunicação Na Era Pós-Digital - Com Walter Longo

Inscreva-se na palestra de Marketing e Comunicação Na Era Pós-Digital - Com Walter Longo

Inscrições abertas para palestra de marketing e comunicação na era pós digital

SEPROSC apoia manifesto sobre reoneração previdenciária

SEPROSC apoia manifesto sobre reoneração previdenciária

O SEPROSC apoia integralmente o manifestado pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) sobre o impacto negativo da reoneração previdenciária do segmento.

Workshop - Produtividade para empresas de TI

Workshop - Produtividade para empresas de TI

Seprosc apoia Workshop - Produtividade para empresas de TI da Assespro - SC

A terceirização não prejudica o trabalhador, afirma vice-presidente da Fenainfo

A terceirização não prejudica o trabalhador, afirma vice-presidente da Fenainfo

Rafael Sebben, passou as últimas semanas totalmente dedicado a levar a parlamentares do Congresso Nacional e ao Governo Federal em Brasília

SEPROSC manifesta preocupação com reoneração

SEPROSC manifesta preocupação com reoneração

Empresas de TI de SC pagarão em média 60% a mais de imposto

Presidente e vice do SeproSC são destaque no Boletim da Fenainfo

Presidente e vice do SeproSC são destaque no Boletim da Fenainfo

O Boletim de Notícias da Fenainfo publicou entrevista especial com o presidente do SeproSC, João Luiz Kornely e com vice, Carlos José Pereira.

Sindicato das empresas de TI defende novas normas trabalhistas

Sindicato das empresas de TI defende novas normas trabalhistas

SeproSC participa de agenda com entidades e políticos em Brasília

Prefeito de São Paulo quer aulas de programação nas escolas

Prefeito de São Paulo quer aulas de programação nas escolas

O prefeito de São Paulo, que assumiu o cargo no início desse ano, vem se destacando por utilizar seu perfil no Facebook para divulgar suas ações.

Brasil contra corrupção

Brasil contra corrupção

Seprosc apoia a manifestação pelo fim da corrupção no Brasil, que acontecerá no dia 26/03, às 15h.

Governo cria grupo de trabalho para discutir Segurança Cibernética

Governo cria grupo de trabalho para discutir Segurança Cibernética

Entre os temas discutidos estão o sigilo das informações armazenadas, proteção do capital intelectual e interesse da privacidade de pessoas físicas e jurídicas

Brasil tem 20 milhões de conexões M2M

Brasil tem 20 milhões de conexões M2M

Estimativa é que em 2020 esse número salte para 42 milhões

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda