Governo cria grupo de trabalho para discutir Segurança Cibernética

O governo divulgou no Diário Oficial da União, no dia 7 de março, portaria do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República que propõe a criação de um grupo de trabalho para discutir aspectos de Segurança Cibernética e criação de uma política nacional com diretrizes abrangentes.

Dentre os vários assuntos que serão tratados estão o estabelecimento de mecanismos para proteção e sigilo das informações armazenadas, processadas e veiculadas, o interesse da privacidade e da segurança de pessoas físicas e jurídicas, proteção do capital intelectual, científico e tecnológico, aprimoramento jurídico para implementação da Segurança da Informação, investigação e prevenção da quebra dos mecanismos de proteção e tratamento dos dados comprometidos.

O grupo de trabalho reúne representantes de 10 ministérios e terá 3 meses para execução da proposta, que deverá ser entregue na forma de minuta do projeto de lei e passará por consulta pública.

Segue a portaria abaixo, na íntegra:

***

GABINETE  DE  SEGURANÇA  INSTITUCIONAL

PORTARIA  Nº  7,  DE  14  DE  FEVEREIRO  DE  2017

O  MINISTRO  DE  ESTADO  CHEFE  DO  GABINETE DE  SEGURANÇA  INSTITUCIONAL  DA  PRESIDÊNCIA  DA REPÚBLICA,  no  uso  de  suas  atribuições  que  lhe  são  conferidas pelos  incisos  I  e  II  do  parágrafo  único  do  art.  87  da  Constituição Federal  e  tendo  em  vista  o  disposto  no  item  VI  do  art.  6º  da  Lei  nº 10.683,  de  28  de  maio  de  2003,  com  a  redação  dada  pela  Lei  nº 3.341,  de  29  de  setembro  de  2016,  resolve:

Art.  1º  Instituir  Grupo  de  Trabalho,  vinculado  ao  Departamento de Segurança da Informação e Comunicações do Gabinete de Segurança  Institucional,  com  a  finalidade  de  produzir  proposta  de Política  Nacional  de  Segurança  da  Informação,  seus  fins  e  mecanismos,  que  trate  em  especial:

I  –  da  definição  de  uma  Estrutura  Nacional  de  Segurança  da Informação;

II  –  do  estabelecimento  de  um  modelo  de  governança  para  a Segurança  da  Informação;

III  –  da  implantação  de  uma  visão  sistêmica,  na  gestão  da Segurança  da  Informação,  que  considere  as  variáveis  social,  cultural, econômica  e  tecnológica;

IV  –  da  cooperação  entre  as  diferentes  esferas  do  poder público,  o  setor  empresarial  e  os  demais  segmentos  da  sociedade;

V  –  de  responsabilidade  compartilhada;

VI – do estudo da informação como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania;

VII – da definição de ações governamentais na orientação, na coordenação, no estabelecimento de políticas e diretrizes em matéria de Segurança da  Informação;

VIII  –  do  estudo  da  educação  e  da  cultura  como  alicerce fundamental  para  a  segurança  da  informação;

IX  –  da  ratificação  do  direito  da  sociedade  à  informação;

X  –  da  segurança  das  infraestruturas  críticas  do  País;

XI  –  da  proteção  das  Informações  Pessoais  e  Biométricas;

XII  –  do  estabelecimento  de  mecanismos  e  instrumentos  legais  e  técnicos  para  a  proteção  do  sigilo  das  informações  armazenadas,  processadas  e  veiculadas,  do  interesse  da  privacidade  e  da segurança  das  pessoas  físicas  e  jurídicas,  da  proteção  do  capital  intelectual  e  científico-tecnológico  e  quando  for  imprescindível  à  segurança  da  sociedade  ou  do  Estado;

XIII  –  do  aprimoramento  do  arcabouço  jurídico  para  a  implementação  da  segurança  da  informação;

XIV – do fomento e da proteção governamentais dirigidos ao desenvolvimento de  tecnologia  nacional  e  ao  fortalecimento  econômico-financeiro  e  comercial  da  empresa  nacional,  bem  como  do  estímulo  à  redução  da  dependência  externa  em  relação  à  sistemas, equipamentos,  dispositivos  e  atividades  vinculadas  à  segurança  da informação;

XV – do estabelecimento de mecanismos e instrumentos para a  investigação  e  prevenção  de  quebra  de  segurança  da  informação, bem  como  para  o  tratamento  da  informação  sigilosa  comprometida;  e

XVI  –  do  fomento  à  formação  e  qualificação  de  recursos humanos  necessários  ao  atendimento  da  área  de  segurança  da  informação  no  País.

Art.  2º  Designar  os  seguintes  servidores  para  compor  o  Grupo  de  Trabalho:

Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República – GSI/PR

Titular:  Arthur  Pereira  Sabbat  –  matrícula  SIAPE  2075299

Suplente: Marcello Pereira de Araújo Lima – matrícula SIAPE 2326418

Suplente:  José  Garcia  da  Luz  –  matrícula  SIAPE  2188893

Suplente:  Alcimar  Sanches  Rangel  –  matrícula  SIAPE  1613819

Suplente: Democlydes Divino P. de Carvalho – matrícula SIAPE 2270424

Suplente:  Daniela  Silva  Rezende  –  matrícula  SIAPE  1781327

Casa  Civil  da  Presidência  da  República

Titular:  Luiz  Carlos  de  Azevedo  –  matrícula  SIAPE  2886132

Suplente: José Rodrigues Gonçalves Júnior – matrícula SIAPE 2094611

Ministério  da  Justiça  e  Segurança  Pública

Titular:  Joelzo  Francisco  da  Silva  –  matrícula  SIAPE  0480055

Suplente: Marcus Vinícius Antunes Liberato – matrícula SIAPE 1056416

Ministério  da  Defesa

Titular:  Alexandre  Reis  e  Silva  –  matrícula  SIAPE  1346272

Suplente:  Aécio  Alvares  dos  Santos  –  matrícula  SIAPE  2206343

Ministério  das  Relações  Exteriores

Titular:  Benedicto  Fonseca  Filho  –  matrícula  SIAPE  0460020

Suplente:  Carlos  da  Fonseca  –  matrícula  SIAPE  1203880

Ministério  da  Fazenda

Titular:  Sérgio  Roberto  Fuchs  da  Silva  –  matrícula  SIAPE  0091146

Suplente:  Flávio  Horácio  Souza  Vieira  –  matrícula  SIAPE  1243379

Ministério  da  Educação

Titular:  Frederico  Azevedo  de  Oliveira  –  matrícula  SIAPE  1862855

Suplente: Cesar Augusto de Vasconcellos Azevedo – matrícula SIAPE 0046963

Ministério  do  Planejamento,  Desenvolvimento  e  Gestão

Titular:  Anderson  Souza  de  Araújo  –  matrícula  SIAPE  1779907

Suplente:  José  Ney  de  Oliveira  Lima  –  matrícula  SIAPE  6601855

Ministério  da  Ciência,  Tecnologia,  Inovações  e  Comunicações

Titular:  Miriam  Wimmer  –  matrícula  SIAPE  1562865

Suplente:  Vanildo  Pereira  de  Figueiredo  –  matrícula  SIAPE  0747085

Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União

Titular:  Davi  Edson  da  Costa  –  matrícula  SIAPE  1541163

Suplente:  Gustavo  Cordeiro  Van  Erven  –  matrícula  SIAPE  1571340

Advocacia-Geral  da  União

Eduardo  Alexandre  Lang  –  matrícula  SIAPE  1553090

Art.  3º  A  coordenação  do  Grupo  de  Trabalho  estará  a  cargo de  Arthur  Pereira  Sabbat,  que  será  substituído  em  seus  impedimentos legais ou regulamentares e no caso de vacância do cargo por Marcello Pereira  de  Araújo  Lima.

Art.  4º  O  resultado  das  atividades  deverá  ser  registrado  em relatório  consubstanciado,  contendo  proposta  de  ato  normativo  a  ser submetido  à  consulta  pública  e  enviado  à  Casa  Civil  da  Presidência da  República,  na  forma  de  minuta  de  projeto  de  lei  de  iniciativa  do Presidente  da  República.

Art.  5º  O  prazo  para  a conclusão  das  atividades  do  Grupo  de Trabalho será de 3 (três) meses, a contar da publicação desta Portaria.

Art.  6º  A  participação  no  Grupo  de  Trabalho  não  implicará em  percepção  de  qualquer  remuneração.

Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

SERGIO  WESTPHALEN  ETCHEGOYEN

Fonte: Security Report
Link: http://securityreport.com.br/overview/mercado/governo-cria-grupo-de-trabalho-para-discutir-seguranca-cibernetica/

Publicado em: 13/03/2017 11:18:39

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

2017 – Um ano de conquistas e o início de uma nova era

2017 – Um ano de conquistas e o início de uma nova era

Artigo e mensagem de final de ano da presidência do SEPROSC

Presidente do SEPROSC destaca importância da contribuição sindical patronal

Presidente do SEPROSC destaca importância da contribuição sindical patronal

Sindicato tem papel crucial na defesa dos interesses do setor e seu crescimento

Programa coordenado pelo SEPROSC capacitará gratuitamente pessoas com deficiência

Programa coordenado pelo SEPROSC capacitará gratuitamente pessoas com deficiência

Após serem capacitados, os aprovados poderão ser contratados por empresas associadas

Reoneração da Folha ameaça desenvolvimento do setor no País

Reoneração da Folha ameaça desenvolvimento do setor no País

Esta é a posição da Fenainfo e SEPROSC sobre a proposta que restitui cobrança de tributos

Ministro da Fazenda ouve reivindicações da TI sobre reoneração

Ministro da Fazenda ouve reivindicações da TI sobre reoneração

SEPROSC participa de maratona de visitas a deputados e autoridades em Brasília

Presidente do SEPROSC em Brasília contra a reoneração da folha

Presidente do SEPROSC em Brasília contra a reoneração da folha

Setor de TI luta para evitar o retrocesso que ameaça empresas do setor

SEPROSC tem participação importante na criação da Contic

SEPROSC tem participação importante na criação da Contic

Confederação é formada pela Fenainfo, Febratel e Feninfra

Convênio beneficia educação de filhos de funcionários de associadas

Convênio beneficia educação de filhos de funcionários de associadas

SEPROSC fechou parceria com o Sesi para formar 16 alunos no programa Espaço de Educação Maker

Tecnologia faz custeio de Estados cair, diz estudo

Tecnologia faz custeio de Estados cair, diz estudo

Cada R$ 1 investido em tecnologia reduz despesas de custeio dos governos estaduais em até R$ 9,42

Investimento em TI é crítico e não pode ser adiado

Investimento em TI é crítico e não pode ser adiado

Artigo de Jorge Arduh, CEO da Indra no Brasil

INPI passa a usar sistema eletrônico para o registro de programa de computador

INPI passa a usar sistema eletrônico para o registro de programa de computador

Sistema proporciona redução da burocracia e celeridade no processo

Espaço de Educação Maker

Espaço de Educação Maker

Um turma exclusiva para associados do Seprosc, com foco em tecnologia, robótica e mercado de trabalho!

Convite - Cloud, Fog & Edge Computing

Convite - Cloud, Fog & Edge Computing

Uma abordagem distribuída e paralela de computação e armazenamento.

Santa Catarina ganha polo de pesquisa tecnológica

Santa Catarina ganha polo de pesquisa tecnológica

Serão financiados projetos de inovação em parceria com empresas

Diretoria eleita toma posse amanhã

Diretoria eleita toma posse amanhã

João Luiz Kornely foi reeleito para mais um mandato

Eleições Seprosc 2017

Eleições Seprosc 2017

Votação nas eleições da nova diretoria do Sindicato Patronal (SEPROSC)

Entidades de TI pedem que Temer mantenha desoneração sobre o setor

Entidades de TI pedem que Temer mantenha desoneração sobre o setor

Retirada representaria duro choque de custo sobre as empresas

Workshop aborda reforma trabalhista e terceirização

Workshop aborda reforma trabalhista e terceirização

Evento acontece em 16 de agosto e tem apoio do SEPROSC

Setor de TI já obteve importantes vitórias em 2017

Setor de TI já obteve importantes vitórias em 2017

Entrevista com Edgar Serrano, presidente da Fenainfo

Empresa de Blumenau consegue liminar para reverter a reoneração na folha de salários

Empresa de Blumenau consegue liminar para reverter a reoneração na folha de salários

Mudança na legislação tributária, segundo entendimento da Justiça, atenta contra a segurança jurídica

SEPROSC defende mudanças nas leis trabalhistas em audiência com senador

SEPROSC defende mudanças nas leis trabalhistas em audiência com senador

Entidade pede que desoneração na folha do setor de TIC seja mantida

Longo destaca importância de saber usar a informação em palestra promovida pelo SEPROSC

Longo destaca importância de saber usar a informação em palestra promovida pelo SEPROSC

Evento contou com a presença de associados no Centro de Eventos Moinho do Vale, em Blumenau

Setor de TI espera demissões se confirmado fim de desoneração da folha

Setor de TI espera demissões se confirmado fim de desoneração da folha

Os empresários também falam em queda de 2% na arrecadação do governo com o segmento e descartam novos reajustes salariais pelos próximos três anos.

Palestra de Walter Longo sobre marketing na era pós-digital

Palestra de Walter Longo sobre marketing na era pós-digital

Evento é promovido pelo Seprosc no dia 23 de junho, em Blumenau

Inscreva-se na palestra de Marketing e Comunicação Na Era Pós-Digital - Com Walter Longo

Inscreva-se na palestra de Marketing e Comunicação Na Era Pós-Digital - Com Walter Longo

Inscrições abertas para palestra de marketing e comunicação na era pós digital

SEPROSC apoia manifesto sobre reoneração previdenciária

SEPROSC apoia manifesto sobre reoneração previdenciária

O SEPROSC apoia integralmente o manifestado pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) sobre o impacto negativo da reoneração previdenciária do segmento.

Workshop - Produtividade para empresas de TI

Workshop - Produtividade para empresas de TI

Seprosc apoia Workshop - Produtividade para empresas de TI da Assespro - SC

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda