Chamada financiará projetos voltados à IoT, convergência digital e smart cities

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lançou o edital n° 20/2016, para selecionar projetos no âmbito do Programa Apoio ao Desenvolvimento da Tecnologia da Informação no estado. O objetivo é apoiar com R$ 15 milhões, por meio de subvenção econômica, projetos de inovação tecnológica para o desenvolvimento da tecnologia da informação e comunicação (TIC), com foco na convergência digital, uso da Internet das Coisas (IoT) e de aplicações para cidades inteligentes (smart cities). As propostas devem ser enviadas até 1º de dezembro deste ano.

As propostas apoiarão processos de capacitação na apropriação e uso das TICs; o desenvolvimento de equipamentos de baixo custo com interfaces inovadoras para plataformas fixas ou móveis; a criação de soluções utilizando a Internet das Coisas para a promoção de cidades inteligentes; o desenvolvimento de inovações para agricultura; aplicações da TI à área médica; e fomentar a utilização de dados públicos em benefício da sociedade.

São elegíveis como proponentes empresas brasileiras com receita bruta anual de até R$ 16 milhões e, excepcionalmente, médias empresas com receita bruta anual de até R$ 90 milhões. Também podem participar sociedades cooperativas, inventores independentes e empresários individuais. Os proponentes deverão estar sediados no Rio de Janeiro.

O proponente e integrantes associados a cada equipe de desenvolvimento do projeto deverão comprovar experiência recente no tema proposto e/ou em áreas correlatas em período compreendido nos últimos cinco anos. Essa comprovação deverá ser feita por meio de declaração de terceiros, clientes e/ou parceiros no desenvolvimento de outros produtos ou processos. Cada proponente poderá submeter apenas um projeto e não poderá integrar mais de uma equipe no edital.

O valor solicitado como subvenção econômica no projeto não poderá exceder R$ 500 mil. Os recursos financeiros serão destinados a projetos de desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e processos novos ou significativamente aprimorados, que envolvam risco tecnológico associado a oportunidades de mercado. O proponente é o principal responsável pela solução de desenvolvimento e gestor dos recursos do projeto.

Para mais informações, acesse o edital completo aqui.

(Texto com informações da Faperj)

Fonte: Agência Gestão CT&I

Publicado em: 18/11/2016 22:00:00

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Ellevo e Renew Solutions firmam parceria para projetos de robotização

Ellevo e Renew Solutions firmam parceria para projetos de robotização

Integração auxilia empresas no processo de transformação digital

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO DO SETOR DE TI NACIONAL - EDIÇÃO 2019

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO DO SETOR DE TI NACIONAL - EDIÇÃO 2019

O Seprosc e a SinSalarial o convidam para participar da mais completa Pesquisa Salarial do Setor de Tecnologia no Brasil.

GOVBR Disponibiliza Software para o preenchimento do SIOPS 2019

GOVBR Disponibiliza Software para o preenchimento do SIOPS 2019

Prefeituras que não cumprirem os prazos podem ter suspenso o repasse de recursos da União

Evento gratuito vai discutir benefícios e aplicações de Centros de Serviços Compartilhados

Evento gratuito vai discutir benefícios e aplicações de Centros de Serviços Compartilhados

Programação realizada pela Ellevo terá palestra de Carlos Magalhães, autor de um dos principais livros sobre o tema. O Shared Service Talks trará ainda painel com executivos de empresas como Compass/GRSA, Bunge e Energisa

WK Sistemas lança programa de estágio para setor de Suporte

WK Sistemas lança programa de estágio para setor de Suporte

Inscrições já estão abertas e, além de formação remunerada, projeto oferece oportunidade de contratação no final do curso

Três formas de usar a tecnologia no terceiro setor para conquistar recursos

Três formas de usar a tecnologia no terceiro setor para conquistar recursos

O especialista no assunto elencou três formas de usar a tecnologia no terceiro setor e garantir os recursos financeiros necessários para desenvolver e manter as atividades funcionando. Confira:

Prefeitura sem papel

Prefeitura sem papel

Sistemas em nuvem otimizam tempo, garantem segurança de informações e agilizam processos em órgãos públicos

Remuneração no segmento de tecnologia

Remuneração no segmento de tecnologia

Práticas e tendências em Santa Catarina (2018)

Fácil aplica Inteligência Artificial na gestão jurídica

Fácil aplica Inteligência Artificial na gestão jurídica

Empresa desenvolve o Parker, ferramental próprio de aprendizado de máquina

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos