TST confirma acordo que permite flexibilização da jornada de trabalho

A Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC) do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou recurso em que o Ministério Público do Trabalho (MPT) pedia a nulidade da cláusula de acordo coletivo entre os Sindicatos dos Trabalhadores e das Empresas de Transportes Rodoviários de Pelotas (RS) que flexibiliza a jornada de trabalho. A adequação feita pela SDC diz respeito apenas à necessidade de concessão de intervalo intrajornada de no mínimo 30 minutos para jornadas superiores a seis horas.

Jornada ininterrupta

O acordo, homologado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), permitia a adoção de jornada ininterrupta de 7h20min sem redução de salário. Ao recorrer contra essa cláusula, o MPT sustentava que o intervalo intrajornada constitui medida de higiene e segurança do trabalho e, se suprimido, acarreta prejuízos à saúde e à segurança do empregado. Segundo o MPT, o TRT, ao homologar o acordo, teria violado a Súmula 437 do TST, segundo a qual é inválida cláusula de acordo ou de convenção coletiva de trabalho que contemple a supressão ou a redução do intervalo intrajornada.

Reforma Trabalhista

O relator do recurso, ministro Ives Gandra, observou que o acordo foi homologado em março de 2019 – na vigência, portanto, da Lei 13,467/2017 (Reforma Trabalhista). Segundo o ministro, o parágrafo 1º do artigo 611-B da CLT, introduzido pela reforma, ao dispor sobre direitos que não podem ser reduzidos ou suprimidos por norma coletiva, excluiu expressamente as regras sobre duração do trabalho e intervalos, que não são consideradas normas de saúde, higiene e segurança do trabalho para fins de negociação.

No entanto, ainda que seja possível flexibilizar a duração do trabalho, o artigo 611-A da CLT prevê, no inciso III, que a negociação deve respeitar o intervalo intrajornada mínimo de 30 minutos para jornadas superiores a seis horas. Com base nesse dispositivo, a SDC deu provimento ao recurso apenas para adequar a redação da cláusula e incluir a concessão do intervalo de 30 minutos.

A decisão foi unânime.

Processo: RO-22003-83.2018.5.04.0000

 

FONTE: http://ruediger.adv.br/

Publicado em: 09/12/2019 06:00:15

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

RH E MARKETING

RH E MARKETING

Por mais que o endomarketing pareça uma ação única do marketing, ela depende e muito da ação dos profissionais do RH.

GOVBR, especialista em soluções para gestão pública, vai investir R$ 18 milhões em diversas áreas e ampliar quadro de funcionários

GOVBR, especialista em soluções para gestão pública, vai investir R$ 18 milhões em diversas áreas e ampliar quadro de funcionários

Projetado uma alta de 9% em relação ao montante investido no ano passado, a GOVBR, empresa especializada em soluções para a gestão pública, vai investir R$ 18 milhões este ano.

SEPROSC E SEINFLO, estão negociando com o SINDPD/SC

SEPROSC E SEINFLO, estão negociando com o SINDPD/SC

Informamos que SEINFLO e SEPROSC estão envidando esforços junto ao SINDPD/SC, com o objetivo de termos para os nossos representados, um instrumento coletivo que venha a mitigar os nefastos efeitos do COVID 19, buscando preservar a manutenção das Empre

Manifesto Fenainfo

Manifesto Fenainfo

Medidas para enfrentamento da pandemia Covid-19

Tecnologia para gestão de atividades apoia empresas em trabalho remoto

Tecnologia para gestão de atividades apoia empresas em trabalho remoto

Plataformas desenvolvidas para Centros de Serviços Compartilhados, como a Ellevo, facilitam o gerenciamento das atividades e a manutenção do atendimento a clientes internos e externos

PLANO ESTRATÉGICO - SC

PLANO ESTRATÉGICO - SC

RETOMADA DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS EM SANTA CATARINA

Análise Preliminar - Decreto nº 525

Análise Preliminar - Decreto nº 525

Prezados Senhores Associados ao SEPROSC, Segue material elaborado por nossa Assessoria Jurídica,

Gestão de crises: o foco é a vida das pessoas.

Gestão de crises: o foco é a vida das pessoas.

ara quem está à frente da gestão do tema, é importante considerar que além da rápida transformação do cenário que envolve a crise, cada cidade está vivendo um contexto diferente. Isso significa que uma empresa que tem filiais em diversas localid

Trabalho remoto: cinco dicas para aplicar home office em tempos de isolamento social

Trabalho remoto: cinco dicas para aplicar home office em tempos de isolamento social

A rotina de grande parte das empresas brasileiras mudou drasticamente nesta semana, por conta do coronavírus. Abaixo encaminho sugestão de pauta com dicas para atuar em home office e também informações sobre como está sendo o expediente de empresas

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos