Setor de TIC estuda pedir isenção do Sistema S caso sua própria entidade seja vetada pelo Congresso

Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação (Contic), poderá propor que as empresas de tecnologia da informação e comunicação sejam isentas de contribuir com o Sistema S.

A posição é apoiada pelo SEPROSC, que integra a Fenainfo, uma das federações que integram a Contic.

A informação partiu do empresário Edgar Serrano, que é presidente da Contic e também da Fenainfo.

As empresas representadas pelas federações que compõem a Contic repassam anualmente cerca de R$ 1 bilhão para o Sistema S, que que envolve SebraeSenaiSesiSestSenar, entre outras entidades de formação profissional.

 

SETOR DE TIC DESASSISTIDO

As entidades que representam as empresas de tecnologia vêm reclamando há anos que o Sistema S não investe adequadamente na formação de profissionais de sua área, gerando um descompasso entre as exigências do mercado e o conteúdo oferecido nos cursos de aprendizagem tradicionais.

Edgar Serrano aponta um quadro de defasagem e descontentamento entre os empresários de TIC:

“As entidades do Sistema S se preocupam muito com a atividade meio, gerindo estruturas onerosas, como foco em atividades tradicionais da indústria, comércio e serviços”.

“O setor de TIC necessita de um volume de profissionais cada vez maior, com formação técnica avançada em sintonia com a revolução tecnológica e digital”.

“Isso não nos é proporcionado pelo Sistema S, apesar dos inúmeros apelos realizados há pelo menos 15 anos”.

 

TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

A Contic apresentou no Congresso uma proposta que cria o Setic, entidade voltada exclusivamente para treinamento e desenvolvimento social de trabalhadores da área de TIC.

Pela proposta o Setic passaria a receber as contribuições das empresa de tecnologia, que hoje somam R$ 1 bilhão por ano e são repassadas ao Sistema S.

O projeto vem enfrentando forte resistência de entidades como CNI e CNC, que não querem abrir mão da arrecadação.

 

VIA JUDICIAL OU LEGAL

Composta pelas federações FebratelFenainfo e Feninfra, a Contic estuda a possibilidade de suspender a contribuição das empresas de suas áreas caso a criação do Setic não seja aprovado no Congresso.

“Do jeito que está não é possível continuar”, protesta Serrano.

“Podemos ver com o departamento jurídico se isso pode ser feito por meio de um outro projeto ou pela via judicial”.

“Não vamos perder nada, porque nada desses recursos pagos pelas empresa de TICs vem para o setor. O que não é justo é recolherem de um para dar para outro”.

“As empresas de TIC contribuem com R$ 1 bilhão por ano e os trabalhadores do setor seguem abandonados, sem programas específicos de treinamento, formação, qualificação e  reciclagem”.

Serrano enfatiza que o Setic será criado com ênfase e foco nos serviços de qualificação com estrutura e gestão enxutas e funcionais:

“Acabou o tempo de construir catedrais em vez aumentar a capacitação para a economia do século  21. Não vamos investir em tijolos e castelos envidraçados, mas em formação tecnológica, aproveitando os espaços que já existem e fazendo cursos a distância”.

Publicado em: 04/07/2019 16:28:35

Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp

Notícias

Mais de 23 mil veículos e 11 bilhões de mercadorias passaram por sistema logístico da Lincros em 2020

Mais de 23 mil veículos e 11 bilhões de mercadorias passaram por sistema logístico da Lincros em 2020

Empresa conta com plataforma que permite o gerenciamento de todo o processo de distribuição, além da contratação do frete e auditoria de pagamentos. Com investimento em melhorias e novas funcionalidades, marca comemora bons resultados do último ano

Como comunicar e promover a interação  entre equipes de diferentes turnos

Como comunicar e promover a interação entre equipes de diferentes turnos

A tecnologia tem se tornado aliada para uma comunicação assertiva e integrada

Seprosc e Senac lançam projeto Jovem Programador com cursos na área de tecnologia

Seprosc e Senac lançam projeto Jovem Programador com cursos na área de tecnologia

Programa de capacitação tecnológica com foco na empregabilidade dos jovens catarinenses.

Lançamento Jovem Programador

Lançamento Jovem Programador

Projeto de capacitação tecnológica voltado para a programação de computadores e focado na empregabilidade.

Ellevo expande serviços digitais para gestão do trabalho remoto durante a pandemia

Ellevo expande serviços digitais para gestão do trabalho remoto durante a pandemia

Empresa brasileira pioneira em soluções de gerenciamento de atividades lançou o Ellevo Next, para gestão do trabalho remoto, e expandiu versão web da plataforma Ellevo para 22 países e 15 idiomas no último ano

Edusoft completa 37 anos de história

Edusoft completa 37 anos de história

Empresa blumenauense que desenvolve softwares de gestão educacional busca conciliar a experiência com os novos desafios da educação.

Tendências em logística: controle de cargas deve mudar rotina de distribuição de mercadorias

Tendências em logística: controle de cargas deve mudar rotina de distribuição de mercadorias

Indústria brasileira busca alternativas tecnológicas que reduzem tempo e investimento no processo de finalização de entregas. Só na Lincros, mais de 23 mil veículos e R$ 11 bilhões em mercadorias foram monitoradas no último ano

Evento online fala sobre produtividade e visão gerencial na cadeia logística

Evento online fala sobre produtividade e visão gerencial na cadeia logística

Webinar gratuito organizado pela Lincros acontece no dia 13 de abril e vai destacar desafios e oportunidades para empresas que buscam tornar o setor de distribuição mais eficiente e estratégico

Receba as novidades em seu e-mail!



Agenda Seprosc

Agenda Eventos